Conheça músicas que já viraram clássicos no carnaval de BH

A folia belorizontina mistura de tudo um pouco! Listamos algumas das músicas que tem a cara do Carnaval de BH, e que se tornaram clássicos da festa nas ruas da cidade!

O Carnaval de BH virou uma das maiores festas do país, e por conta disso, tem crescido cada vez mais. Inúmeros blocos e propostas diferentes surgiram desde que a festa de rua tomou conta da cidade novamente. Mas, por mais que apareçam mil novidades, tem algumas músicas que sempre estão por aí alegrando a galera. Fizemos uma listinha com algumas delas, para mostrar a diversidade da nossa festa e manter o clima de carnaval aquecido o ano todo!

Crazy in Love

A gente vai começar puxando sardinha pro nosso lado? SIM! Mas com razão, não se pode negar. O hit de Beyoncé sempre é a música mais aguardada no cortejo do Garotas Solteiras, faz parte também do repertório da Corte Devassa e prova para todo mundo que o carnaval de BH é pra todos os gostos e ritmos. Ou você querer dizer pra gente que aqueles metais pesados no início da música não dão aqueeeele calor no peito, hein?

Faraó, Divindade do Egito

Eu falei faraooó! Essa mistura de Brasil com Egito é bem mais antiga que a do Tchan, e marcou história como o primeiro samba-reggae gravado no Brasil. O clássico é repertório fixo de blocos com pegada baiana, como a Roda de Timbau e Angola Janga. Mas é fácil ouvir em outros blocos também (inclusive, rolou o momento “Ê, Faraó” até no cortejo de 2018 do Garotas).

Carinhoso

A grande obra de Pixinguinha virou tema de serenata nos cortejos do Sopra que Sara, Peixoto e outros. A homenagem sempre rola para idosos que, da janela ou da varanda de casa, acompanham os cortejos que passam nas ruas. O Manjericão, inclusive, fez uma versão em latidos para um pet em seu cortejo. “Carinhoso” virou, de fato, uma linda manifestação de carinho para os moradores que acolhem os carnavais em seus bairros.

O Mais Belo dos Belos

Canção recorrente nos cortejos do Então Brilha, da Roda de Timbau e do Angola Janga, esse hino da cultura baiana é uma linda homenagem ao Ilê Aiyê, o mais antigo bloco afro do Carnaval da Bahia. E por aqui, esse tempero não fica de fora. Afinal, “quem é que sobe a ladeira da Guaicurus” (mesmo não sendo a letra original do sucesso de Daniela Mercury) faz todo o sentido pra quem curte a folia em BH.

Frevo Mulher

Uma das músicas mais regravadas entre o vasto repertório de Zé Ramalho é também um dos exemplos da pegada de frevo e forró da nossa folia. Seja na versão instrumental (como rola no Peixoto) ou cantada (como no Pisa na Fulô), “Frevo Mulher” realmente faz a gente sacodir a cabeleira ao vento e tomar conta da rua, com o calor do Carnaval correndo na veia.

Ilê Pérola Negra (O Canto do Negro)

Outra canção que fez enorme sucesso na voz da diva baiana Daniela Mercury, homenageando o grande Ilê Aiyê. A gravação, que é um combinado de duas composições, enaltece a beleza da cultura afro-brasileira. As vocalistas maravilhosas da Roda de Timbau e do Angola Janga interpretam com louvor esse hino por aqui, mostrando que o poder e a musicalidade do povo negro não se restringe só à Bahia.

Taj Mahal

É uma linda história de amor que a gente não cansa se ouvir! Jorge Ben se baseou na história do palácio mais famoso da Índia pra compor esse hino, levado às ruas por blocos como Chama o Síndico e Alô Abacaxi. É começar a escutar e aguardar a explosão de energia no “teteteretê” do refrão. Quer coisa mais Carnaval que isso? Vale até emendar com um “chove chuva”, pra dar uma acalmada nos ânimos, né?

Cobertor

“Como é que você foi emboooora sem dizer pelo menos adeeeeus?” Se você leu essa frase sem lembrar do cortejo da Juventude Bronzeada ou de um show do Brilha, você não aproveitou direito o Carnaval de BH. O Ara Ketu tem várias músicas sensacionais, e fica até difícil escolher uma só. Mas “Cobertor” é daquelas que você canta desde o inicinho com empolgação… Delícia de se ver e de se ouvir.

Eva

Pense numa música sem erro pra animar a galera: é essa aqui. É soltar o “meu amor” do inicinho pras palminhas começarem lá no alto. Deve ser por isso que Então Brilha, Havayanas Usadas e vários outros blocos não deixam essa música de fora. O sucesso do Rádio Táxi, banda de pop rock dos anos 80 é uma versão de uma música italiana, mas pegou no Carnaval graças à rainha Ivete Sangalo (que gravou a primeira versão ainda na época da Banda Eva). Tiro certo!

Lambada (Chorando se foi)

Garotas Solteiras e Roda de Timbau sempre fazem esse clássico da lambada nos cortejos. Essa é uma versão de uma canção do grupo de música tradicional boliviana Los Kjarkas. Mas foi na gravação do grupo Kaoma e sob o ritmo quente da lambada que o hit se consagrou como uma das músicas em português mais famosas mundo afora. Uma curiosidade é que a canção fez tanto sucesso quando lançada que chegou a superar “Vogue” de Madonna nas paradas musicais.

Baianidade nagô

O último clássico da lista traduz bem o sentimento de todas nós durante a folia. Mais do que um hino do Carnaval, cantado por aqui pelo Havayanas Usadas, pela Juventude Bronzeada e tantos outros, esse grande sucesso da Bamdamel faz a gente ir atrás do trio elétrico com o nosso mais sincero desejo sobre o Carnaval: que essa fantasia fosse eterna.

Curtiu nossa lista? Então escute essas músicas na playlist que preparamos para você:

[BÔNUS] Músicas, hinos e côros dos blocos

Essa lista não podia fechar sem aquele “então brilha, brilha” ou sem o “veeeeem de caravela só pra ver como é que é”. Nem mesmo ficar sem dizer que “eu quero o drink do amor: pira, refresca e alimenta”. Ou sem lembrar que “as gay, as bi, as trans e as sapatão tão junto com as preta pra fazer revolução”.

O Carnaval de BH é cheio de clássicos, mas quem faz a festa de verdade somos todas nós: folionas e foliões, instrumentistas, ambulantes, organizadores… E se o Carnaval é uma construção de todo mundo, a gente não pode esquecer de valorizar o produto de casa. Vamos aprender a cantar, participar ao longo do ano das festas e ensaios e chegar na folia também com as músicas que fazemos por aqui na ponta da língua!

Agora, conta: sua favorita do Carnaval apareceu na nossa lista? Se não, deixa nos comentários para a gente saber! E compartilhe também nas redes sociais, para dar um confere nas favoritas dos seus amigos também!

Comente pelo Facebook:

About the author: Garotas Solteiras