5 iniciativas LGBT inspiradoras que você precisa conhecer

Se tem um ditado que retrata bem a realidade de lésbicas, gays, pessoas trans e bi, é que a união faz a força. Vamos falar hoje de quem está demonstrando na prática que, unidas, podemos fazer a diferença.

Manas, uma das principais formas que temos para nos fortalecer é entender que, entre as nossas, existem algumas demandas. Dentro do que é possível, a gente sabe que é possível conversar e se ajudar. Mas existe uma galera que vai bem além, e se mobiliza em ações que nos inspiram. Separamos algumas das nossas iniciativas favoritas em favor das LGBTs, e queremos convidar vocês para conhecê-las!

Casa 1

Não são poucas as LGBTs que acabam expulsas de casa por suas famílias, sem nenhum apoio ou perspectiva. Pensando em ajudar a minimizar esse cenário, o projeto Casa 1 demonstra que o cuidado e o apoio são diferenciais importantes na hora de se re-erguer. Situada no centro de São Paulo, o projeto funciona como espaço de acolhida e centro cultural. Com atuação focada em LGBTs em situação de vulnerabilidade, a Casa 1 oferece cursos e atividades, realiza atendimentos, além de oferecer vagas num abrigo chamado “república de acolhida”.

Mães Pela Diversidade

Pessoas LGBT já sofrem preconceito e se sentem excluídas em seu cotidiano. E não é incomum que isso aconteça dentro de suas próprias casas. A mensagem principal do coletivo Mães Pela Diversidade é mostrar que a realidade não precisa ser assim. Composto por mães, pais e famílias que perderam filhos e filhas em razão da LGBTfobia, O MPD é um coletivo nacional, que batalha pelos direitos civis das LGBTs. Elas participam de eventos e oferecem acolhimento a outras mães e pais, por meio de grupos de apoio e troca de informações sobre o nosso universo.

TODXS

A TODXS é uma startup social, que leva como missão o fortalecimento da comunidade LGBT, através de iniciativas de caráter educativo para a sociedade, para o governo e para as empresas. As voluntárias e voluntários do projeto ajudam a coletar dados e processar informações, que são muito úteis nas discussões para promover a inclusão e o fim da discriminação. A TODXS desenvolveu um aplicativo que compila diversos dados a respeito da população LGBT brasileira. A startup também possui programas específicos de visibilidade e de capacitação de futuras lideranças, focados em pessoas LGBTs.

TransEnem

O TransEnem é uma iniciativa que propõe aumentar as oportunidades das pessoas trans, através do acesso à educação e da promoção da redução da hostilização e da inclusão social. O projeto prepara pessoas trans para ingressar em universidades e cursos técnicos, além de proporcionar a estrutura básica (alimentação, transporte e apoio psicopedagógico). Os esforços para evitar situações que levem à evasão são grandes, já que a maioria do público está em situação vulnerável e com baixas perspectivas. Mas são várias as alunas e alunos do projeto que já conseguiram aprovação em universidades.

Transvest

Combater a transfobia e fazer a diferença na vida de pessoas trans. Essa é a proposta da Transvest, ONG de BH que trabalha com o foco na inclusão social e na capacitação de travestis, transexuais e transgêneros. A organização oferta suporte pedagógico, cursos de idiomas, oficinas artísticas, apoio psicológico e práticas esportivas. Além disso, cria campanhas de sensibilização sobre a causa e, através de um banco de currículos, tenta contribuir com a alocação de transexuais no mercado formal de trabalho.

Vale lembrar que ninguém precisa iniciar um projeto como esses para ser um elemento transformador na sociedade. As instituições acima precisam de apoio e aceitam diferentes formas de contribuição. E seja ajudando alguma instituição que ajude as nossas ou fazendo algo por conta própria, o importante é se conscientizar, tentar sair da bolha e fazer algo a mais! Por menor que pareça, toda forma de apoio é válida.

E você, conhece alguma outra iniciativa legal? Conta pra gente nos comentários – e não se esqueça de compartilhar o texto nas redes sociais, para que mais pessoas conheçam essas iniciativas!

Comente pelo Facebook: